quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Dinâmica Lição 01: O Livro de Números – Caminhando com Deus no deserto


Dinâmica: No Deserto

Objetivo:
Contextualizar o tema da lição com a vida dos alunos, refletindo sobre as dificuldades enfrentadas no deserto da vida, mas com a confiança de que Deus é soberano e provedor.

Material:
01 saco ou 01 caixa, que caiba os objetos abaixo relacionados:
Uma bússola, uma vela, fósforo ou lanterna
Uma Bíblia
Uma borracha
Um sachê de chá de camomila ou erva-doce
Um clip
Uma liga(elástico)
Um bandaid
Uma bala
Uma peça de um quebra-cabeça
Uma cópia da oração do Pai Nosso
Um relógio

Procedimento:
- Falem: Há momentos na vida que temos certeza de que estamos no deserto, sofrendo com a aridez da situação que pode ser material e/ou espiritual.
 - Perguntem: O que pode causar a nossa permanência temporária no deserto da vida?
Observem as respostas dos alunos.
- Falem: Precisamos de alguns objetos e também realizar ações para que a nossa sobrevivência neste deserto seja amenizada ou garantida.
- Agora, falem: Aqui está um kit de sobrevivência para quem está nesta situação.
Então, comecem a retirar, do saco ou caixa, os objetos e falem sobre a finalidade de cada um:
Uma bússola, uma vela, fósforo ou lanterna: para indicar e mostrar o caminho para sair da situação.
Uma Bíblia: Para fortalecimento da nossa fé e confiança em Deus, útil para o ensino, repreensão e correção.
Uma borracha: para apagar as ações negativas e perdoar
Um sachê de chá de camomila ou erva-doce: Para relaxar e esperar com paciência e esperança
Um clip: Para juntar as experiências
Uma liga(elástico):  Para se lembrar de ser flexível e adaptar-se a situação
Um bandaid: Para curar as mágoas, as feridas
Uma bala: Para adoçar a difícil situação
Uma peça de um quebra-cabeça: Para lembrar que você não está sozinho
Uma cópia da oração do Pai Nosso: Para lembrar que a oração do justo muito pode em seus efeitos.
Um relógio: Para lembrar que Deus é soberano, que o tempo lhe pertence e que devemos persistir em oração.
- Depois, perguntem: Vocês indicariam outros objetos para compor este Kit?
Aguardem as respostas. Escrevam num papel e coloquem no saco ou caixa.
- Depois, falem: Quem está passando por um período difícil, como estiagem ou seca ou no deserto, precisa que haja uma solução – a chuva.
- Leiam I Rs 18.41 “Então disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque há um ruído de uma grande chuva”
- Para concluir, cantem o hino “Som da Chuva” de Soraya Moraes ou apenas leiam a letra com os alunos.
Deixa Tua glória encher este lugar
Deixa o céu descer sobre nós
O som da chuva eu já posso ouvir
E com ela vem o novo de Deus
Derrama sobre nós a chuva, Senhor
Derrama sobre nós a chuva, Senhor
Abundantemente e sem cessar
Teu povo espera o derramar
Da chuva, da chuva!
Da chuva, da chuva!
Chuva de poder!
Chuva de unção!
Chuva de benção!
Chuva de louvor!
Chuva de cura!
Chuva de glória!
Chuva de vitória!
Faz chover, faz chover, Senhor! 2X
Chuva de poder...
Faz chover, faz chover, Senhor! 4X
Derrama sobre nós a chuva, Senhor! 4X
Senhor!

Ideia original do uso de um kit de sobrevivência desconhecida.

Elaboração da versão deste kit com suas finalidades e da dinâmica por Sulamita Macedo.

fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Dinâmica Lição 12: A prioridade missionária


Dinâmica: A Ponte
 
Objetivo: Exemplificar e estudar sobre salvação, através de Jesus, aquele que nos religou a Deus.
 
Material:
01 giz branco
01 pano úmido
01 telefone com fio
Nome digitado: DEUS
 
Procedimento:
- Utilizando um giz, desenhem no piso um círculo grande.
- Peçam para que todos os alunos entrem neste círculo.
- Entreguem para um dos alunos o nome DEUS e para outro aluno um telefone com fio.
- Pequem o telefone, tirando do gancho e falem: A comunicação de Deus com o homem e vice-versa acontecia de forma perfeita. Mas, o homem pecou, desobedecendo a Deus e esta comunicação foi cortada.
Nesse momento, retirem o fio do telefone e peçam para que todos os alunos saiam do círculo, demonstrando afastamento de Deus. Somente o aluno que tem o nome “Deus” permanecerá no círculo.
- Façam outro círculo com giz, separado do círculo anterior.
- Peçam para que todos os alunos entrem neste novo círculo.
- Falem: O homem ficou distanciado de Deus, mas o amor divino pela humanidade era tão grande, que providenciou uma ponte de ligação entre Ele e os homens, enviando Jesus como Salvador e Mediador dos homens.
- Nesse momento, façam dois traços, simulando uma ponte, unindo os dois círculos, e coloquem o nome JESUS.
- Falem: Desta forma, a comunicação foi restabelecida.
- Em seguida, coloquem o fio do telefone, antes retirado.
- Agora, trabalhem o conteúdo da lição.
Observação: É interessante limpar o piso, para isto utilizem um pano úmido.
 
Por Sulamita Macedo.
fonte:  http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Dinâmica Lição 10: A oração e o jejum na perspectiva pentecostal


Dinâmica: Caminhando em Oração

Objetivo:
Compartilhar motivos de oração e agradecer bênçãos recebidas como resultado da perseverança.

Material: um tapete, rosas, pedras grandes e pequenas, versículos bíblicos sobre oração.

Procedimento:
- Organizem o material da dinâmica, no meio da sala de aula da seguinte forma: tapete no chão, e sobre ele as rosas, as pedras e os versículos bíblicos.
- Expliquem o que cada objeto representa:
Tapete: caminho da vida cristã
Rosas: bênçãos recebidas
Pedras: as dificuldades que enfrentamos
Os versículos: a Palavra de Deus, na qual confiamos
- Peçam para que cada aluno passe pelo tapete e escolha dois objetos que representam o que ele está vivenciando, por exemplo:
Ele pode pegar uma pedra grande, por considerar o seu problema de difícil solução e ainda escolher um versículo, representando sua fé em Deus, que tudo pode.
Ele pode pegar uma pedra e uma rosa, o primeiro indica um problema que já teve e o segundo a vitória já alcançada.
- Para finalizar, façam uma oração de intercessão pelas dificuldades apresentadas e agradeçam pelas bênçãos já alcançadas.
Observações:
- Se sua classe funcionar dentro da Igreja e não houver outro espaço para realizar a dinâmica com o material já descrito, sugiro que utilize figuras de pedras e de rosas, coloque-as dentro de uma cesta, acrescentando os versículos. E mesmo sentados, passem a cesta e façam o mesmo procedimento anterior.
Ideia original desconhecida.


Esta versão da dinâmica por Sulamita Macedo.
fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Dinâmica Lição 04: O batismo com o Espírito Santo

Dinâmica: Pentecostes
 
Objetivo: Representar a descida do Espírito Santo através da expressão oral em várias línguas.
 
Material: 01 versículo bíblico em várias línguas, por exemplo: João 3.16 em Inglês, Francês, Espanhol, Português etc. Vocês podem conseguir, o trecho bíblico em vários idiomas, através da Bíblia on line.
Português: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Inglês: For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth on him should not perish, but have eternal life.
Espanhol: Porque de tal manera amó Dios al mundo, que ha dado á su Hijo unigénito, para que todo aquel que en él cree, no se pierda, mas tenga vida eterna.
Alemão: Also hat Gott die Welt geliebt, daß er seinen eingeborenen Sohn gab, auf daß alle, die an ihn glauben, nicht verloren werden, sondern das ewige Leben haben.
Francês: Car Dieu a tant aimé ceux qu’il a disposés, qu'il a donné son seul Fils engendré, afin que chacun d’eux qui croit en lui ne périsse point, mais qu'il ait la vie éternelle.
 
Procedimento:
- Falem sobre a descida do Espírito Santo que aconteceu de forma visível e audível.
- Leiam Atos 2. 2 a 4.
- Falem: Agora vamos representar a expressão audível da descida do Espírito Santo.
- Entreguem o versículo em línguas diferentes para os alunos.
- Solicitem que leiam o versículo, todos ao mesmo tempo.
- Leiam Atos 2. 6 ao 12.
Observação: Caso não haja alunos na sala que falem uma língua estrangeira, vocês podem pedir ajuda a outra pessoa da igreja que lhe auxilie, ou indicando pessoas para falar ou ensinar a pronúncia das palavras.
 
Por Sulamita Macedo.
fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Dinâmica Lição 03: Os livros de Lucas e Atos – A base da doutrina pentecostal


Dinâmica: Lucas & Atos
 
Objetivos:
Conhecer o que os alunos conhecem acerca do livro de Lucas e Atos.
Comparar o que os alunos sabem antes e depois do estudo da lição.
 
Material:
½ folha de papel ofício com o nome “Lucas” para a metade da turma
½ folha de papel ofício com o nome “Atos” para a metade da turma
02 pincéis atômicos
02 folhas de papel madeira
 
Procedimento:
- Dividam a turma em 02 grupos. Para isso, utilizem a seguinte técnica para divisão em grupos descrita abaixo:
Vamos supor que sua turma tenha 10 alunos.
Afixar nas costas de 05 alunos um papel com o nome “Lucas”. Nos demais alunos, colocar nas costas um papel com o nome “Atos”.
Depois, pedir que eles se dividam em 02 grupos observando a indicação do papel pregado nas costas.
Falem que não eles não podem retirar o papel para olhar. Observem qual será a saída dos alunos para saber. A proposta dessa atividade é que os alunos ajudem uns aos outros ou mesmo o aluno tomar a iniciativa e perguntar para um colega o que está escrito nas suas costas.
- Quando os grupos estiverem formados, distribuam 01 folha de papel madeira com afirmações escritas sobre o livro de Lucas e Atos.
Expliquem que cada grupo, através do consenso, deverá identificar quais declarações se referem as características o livro de Lucas e de Atos.
O grupo “Lucas” vai identificar as frases sobre o livro de Lucas.
O grupo “Atos” vai identificar as frases sobre o livro de Atos.
Para isto, deverão escrever o nome Lucas ou Atos ao lado de cada frase, utilizando pincel atômico.
- Sugestões de afirmações sobre os livros de Lucas e Atos:
Autoria: Lucas
Relata a vida de Jesus de forma cronológica
Descreve a propagação do evangelho pelo poder do Espírito Santo, através dos discípulos
Narra a vida de Jesus através de testemunhas oculares
Conta que Lucas foi companheiro de Paulo na viagens missionárias
Contém fontes primárias da doutrina de pentecostal
Enfatiza a oração
Menciona a descida do Espírito Santo
Registra que Jesus falou para seus discípulos que ficassem em Jerusalém para que fossem cheios do Espírito Santo
Mostra judeus e gentios cheios do Espírito Santo
Apresenta o momento no qual o Espírito Santo veio sobre Jesus
Contém o cumprimento da profecia de Isaías sobre o derramamento de poder e o falar em outras línguas
- Estipulem um tempo de 10 minutos no máximo para os grupos executarem a atividade.
- Recolham as folhas de papel madeira e reservem.
- Trabalhem o conteúdo da lição.
- Após o estudo da lição, fixem as folhas de papel madeira que os grupos escreveram nelas.
- Falem: Estas são as indicações de cada grupo quanto ao livro de Lucas e Atos. Já que estudamos sobre estes livros, agora vamos verificar se o que vocês apontaram ou deixaram de responder estão corretas ou não?
- Deixem que os alunos observem e verifiquem se há necessidade de alguma modificação.
 
Por Sulamita Macedo.
fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Dinâmica Lição 02: Como os pentecostais interpretam a Bíblia



Dinâmica: Interpretando
 
Objetivo: Introduzir o estudo sobre a importância da correta interpretação bíblica.
 
Material:
01 texto para cada aluno(vejam no procedimento)
 
Procedimento:
1 - Distribuam para cada aluno uma cópia do texto abaixo:
Narrador(a): professor(a):
Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta. Escreveu assim.
Homem rico: “Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres”.
Narrador(a): professor(a):
Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava ele a fortuna? Eram quatro candidatos à sua fortuna.
A) Narrador(a): professor(a): O sobrinho fez a seguinte pontuação:
Sobrinho:
Deixo meus bens à minha irmã? Não!
A meu sobrinho.
Jamais será paga a conta do padeiro.
Nada dou aos pobres.
B) Narrador(a): professor(a): A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:
Irmã:
Deixo meus bens à minha irmã.
Não a meu sobrinho.
Jamais será paga a conta do padeiro.
Nada dou aos pobres.
C) Narrador(a): professor(a): O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele:
Padeiro:
Deixo meus bens à minha irmã? Não!
A meu sobrinho? Jamais!
Será paga a conta do padeiro.
Nada dou aos pobres.
D) Narrador(a): professor(a): Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:
Descamisado:
Deixo meus bens à minha irmã? Não!
A meu sobrinho? Jamais!
Será paga a conta do padeiro? Nada!
Dou aos pobres.
Autoria do texto desconhecida.
Texto adaptado por Sulamita Macedo.
2 – Escolham 05 alunos para representar os personagens da história acima: o homem rico, o sobrinho, a irmã, o padeiro e o descamisado.
Expliquem que no texto já está indicada a fala de cada um.
3 – Realizem a leitura do texto de acordo com a orientação contida no item 2.
4 – Após a leitura, analisem a história sob o ponto de vista de cada personagem e a razão de cada versão.
5 – Para concluir, falem que o desejo do homem rico escrito no papel sem pontuação levou os 4 herdeiros a ler o conteúdo de acordo com seus interesses. A interpretação de um pequeno texto pode ser interpretado de diversas maneiras.
Entretanto, a interpretação bíblica(tema de aula de hoje), para que seja feita de forma correta e confiável, requer cuidados e requisitos que devem ser observados por quem ler e estuda a Palavra de Deus.
 
Por Sulamita Macedo.
fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com/